Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Um avião da Japan Airlines (JAL) que voava para Nova York retornou a Tóquio nesta terça-feira, após um problema em uma das turbinas provocado, provavelmente, por uma ave

(afp_tickers)

Um avião da Japan Airlines (JAL) que voava para Nova York retornou a Tóquio nesta terça-feira, após um problema em uma das turbinas provocado, provavelmente, por uma ave.

Segundo a JAL, um Boeing 777 com 248 pessoas a bordo - incluindo 15 tripulantes - decolou às 11H00 local (23H00 Brasília de segunda) e logo depois o piloto percebeu uma anomalia e decidiu retornar ao ponto de partida.

"Parece que um pássaro atingiu a turbina esquerda durante a decolagem", declarou um porta-voz da JAL.

O piloto jogou parte do combustível fora para reduzir o peso do avião antes de pousar.

Devido ao importante tráfego aéreo na região de Tóquio, especialmente no Aeroporto Haneda, o avião circulou durante vários minutos antes de poder pousar, exatamente às 12H09 (24H09), sem dificuldades, segundo imagens da TV japonesa.

Mas parte da grama ao lado da pista pegou fogo, possivelmente pela queda de uma peça em chamas, segundo o ministério dos Transportes.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP