Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Puigdemont faz um pronunciamento na sede do governo catalão, em Barcelona

(afp_tickers)

O presidente separatista catalão, Carles Puigdemont, afirmou nesta quinta-feira que não existem garantias para convocar eleições na Catalunha, e passou para o Parlamento regional a responsabilidade de responder à anunciada intervenção em seu governo autônomo pelo governo central.

"Estarei disposto a convocar essas eleições quando nos forem dadas garantias [...] Não há atualmente nenhuma garantia que justifique a convocação", declarou Puigdemont em um esperado discurso, um dia após o Senado espanhol autorizar a tomada do controle da região por Madri.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP