Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Putin participa de entrevista coletiva na Finlândia

(afp_tickers)

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu nesta sexta-feira que o mundo se una "em uma batalha intransigente contra as forças do terror", após o sangrento ataque em Barcelona, afirmou o Kremlin.

"Condenamos firmemente este crime cruel e cínico contra civis", disse Putin em um telegrama de pesar ao rei espanhol, Felipe VI.

"O que aconteceu confirma mais uma vez a necessidade de uma legítima união dos esforços de toda a comunidade mundial em uma batalha intransigente contra as forças do terror", acrescentou.

Pelo menos 13 pessoas morreram nesta quinta-feira depois que uma van atropelou pedestres na turística avenida Ramblas, no coração de Barcelona, em um ataque que as autoridades qualificaram de "terrorista".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP