AFP

(Arquivo) Vladimir Putin toca piano em São Petersburgo, em 10 de abril de 2012

(afp_tickers)

O presidente russo, Vladimir Putin, surpreendeu no domingo em Pequim quando, para passar o tempo, começou a tocar duas melodias da época soviética no piano do salão onde esperava seu colega chinês, Xi Jinping.

"O presidente leu os documentos previstos para a reunião com Xi e depois aproveitou uns minutos de espera para tocar piano", explicou Dmitri Peskov, ao comentar as imagens que circularam intensamente pela internet.

Putin tocou primeiro a melodia de uma canção dedicada a São Petersburgo, sua cidade natal, e depois outra que celebra as janelas iluminadas de Moscou, símbolo da esperança.

"Pena que o piano não era muito bom e era difícil tocar", declarou Putin nesta segunda-feira em uma coletiva de imprensa em Pequim.

"Espero não tê-los decepcionado", acrescentou o presidente russo, em atitude modesta. "Não posso dizer que tenha tocado, a única coisa que fiz foi apoiar meus dedos sobre as teclas", acrescentou brincando.

As fotos e os vídeos do presidente russo tocando piano circularam amplamente nas redes sociais, provocando muitos comentários entre os internautas chineses.

"Como toca bem!", comentou um usuário da plataforma de microblog Weibo.

"Um agente secreto sabe fazer de tudo", disse outro internauta, fazendo referência ao passado de espião da KGB de Putin.

"Embora não toque muito bem, é um animal raro no mundo político", disse outro internauta chinês.

Faixa preta de judô e bom jogador de hóquei no gelo, até agora Putin se destacava por colocar em evidência suas aptidões esportivas ou seu gosto pela caça.

AFP

 AFP