As grandes pinturas da Notre-Dame de Paris, danificadas em particular pelos vapores do incêndio que atingiu a catedral, devem ser transportadas na sexta-feira ao Museu do Louvre para a sua restauração, informou o ministro da Cultura, Franck Riester.

"As grandes pinturas de Notre-Dame de Paris não sofreram danos relacionados ao fogo, mas sim à fumaça", explicou ele à imprensa.

"Elas poderão ser removidas na sexta-feira e transportadas com segurança para o Louvre, onde serão desidratadas e restauradas", afirmou o ministro.

Além disso, "as Grandes Rosas (as rosetas do edifício religioso) aparentemente não sofreram danos catastróficos", acrescentou.

"Os arquitetos especializados estão mobilizados para garantir a segurança do local como um todo. Há pontos de vigilância, incluindo o trecho do transepto norte", afurniy Riester.

"É preciso ser muito cuidadoso. Há três buracos importantes. Os arquitetos estão definindo com os bombeiros de Paris os melhores arranjos a serem tomados para preservar o que está mais ameaçado", concluiu.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.