Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Quase um terço da população dos Estados Unidos - 100 milhões de pessoas - tem diabetes ou sua condição precursora, conhecida como pré-diabetes, segundo um relatório do governo americano

(afp_tickers)

Quase um terço da população dos Estados Unidos - 100 milhões de pessoas - tem diabetes ou sua condição precursora, conhecida como pré-diabetes, adverte um relatório do governo nesta terça-feira.

O diabetes é uma doença grave que duplica o risco de morte precoce. As complicações podem incluir cegueira, doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, insuficiência renal e amputação de dedos e membros.

No Relatório Nacional de Estatísticas do Diabetes dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), divulgado a cada dois anos, a agência descreveu a diabetes como um "problema crescente de saúde" que foi a sétima principal causa de morte no país em 2015.

Naquele ano, cerca de 1,5 milhão de novos casos de diabetes foram diagnosticados em pessoas de 18 anos ou mais, afirmou.

"De acordo com tendências anteriores, nossa pesquisa mostra que os casos de diabetes ainda estão aumentando, embora não tão rapidamente quanto em anos anteriores", disse Ann Albright, diretora da divisão de diabetes do CDC.

Um total de 30,3 milhões de pessoas nos Estados Unidos têm diabetes, representando 9,4% da população.

Outros 84,1 milhões - cerca de uma em cada três pessoas - têm pré-diabetes, uma condição que, se não tratada, com frequência leva ao desenvolvimento do diabetes tipo 2 em cinco anos.

Segundo outra estatística preocupante revelada pelo relatório, muitas pessoas desconhecem sua condição.

"Quase um em cada quatro adultos que vivem com diabetes - 7,2 milhões de americanos - não sabia que tinham a condição", afirmou, assim como 88% dos adultos com pré-diabetes.

A forma mais comum de diabetes, conhecida como Tipo 2, em muitos casos pode ser controlada através de exercícios, dieta e do uso adequado de insulina e outros medicamentos para controlar o açúcar no sangue.

A diabetes tipo 1 surge quando o corpo não produz insulina suficiente, e não há como preveni-la.

AFP