Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Prédios residenciais no Bronx

(afp_tickers)

Quatro pessoas morreram em Nova York desde meados de julho de doença do legionário, enquanto 55 pessoas permaneciam hospitalizadas por causa desta infecção pulmonar, informaram autoridades sanitárias.

Um total de 71 pessoas sofrem desta forma de pneumonia, derivada de uma bactéria que foi encontrada nos sistemas de ar condicionado de muitos edifícios no Bronx, segundo as autoridades.

Os quatro mortos por "legionelosis" eram pessoas de certa idade, todos com problemas de saúde prévios, indicaram.

As autoridades procederam à inspeção de 22 edifícios e analisaram ​​17 sistemas de ar condicionado, cinco dos quais foram desinfectados depois da detecção da existência de bactérias, incluindo o do hospital Lincoln e de um hotel, segundo a prefeitura.

"O abastecimento de água potável em Nova York, as fontes e piscinas não foram afetadas pela doença do legionário", informou a prefeitura, explicando que a doença - cuja incubação dura entre 2 e 10 dias com sintomas de febre e tosse - não é contagiosa e pode ser curada com antibióticos.

A doença leva o nome de doença do legionário em razão da primeira epidemia conhecida, em 1976, em um hotel de Filadélfia, onde havia uma conferência da Legião Americana.

AFP