Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Os presidentes americano, Donald Trump, e russo, Vladimir Putin, em Hamburgo

(afp_tickers)

O Kremlin considerou nesta quarta-feira (8) como muito provável um encontro entre o presidente russo Vladimir Putin e seu colega americano Donald Trump em razão da reunião de cúpula do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) que ocorrerá no Vietnã, neste fim de semana.

Os dois líderes participarão do encontro do Apec, realizado na cidade vietnamita de Danang.

"Putin e Trump possuem uma programação repleta de encontros bilaterais, que foram previstos de antemão e também constam na própria programação da cúpula", comunicou aos jornalistas o porta-voz do Kremlin, Dimitri Peskov.

"Para ele, os serviços pertinentes estão determinando o momento e a forma apropriados" para um encontro entre ambos o dirigentes, acrescentou Peskov, ressaltando que a "probabilidade de uma provável reunião é muito alta".

"Putin e Trump participarão da mesma cúpula e estarão na mesma sala. Portanto, é totalmente lógico que se reúnam", argumentou o conselheiro diplomático do Kremlin, Iuri Uchakov.

Moscou e Washington, no entanto, até o momento não definiram detalhes a respeito do encontro.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP