AFP

O ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, em Moscou, em 17 de abril de 2017

(afp_tickers)

A Rússia espera que os Estados Unidos não atuem de maneira unilateral para resolver o problema dos programas balístico e nuclear norte-coreanos, afirmou nesta segunda-feira o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov.

"Espero que não ocorram ações unilaterais como as que vimos recentemente na Síria", disse Lavrov em uma coletiva de imprensa conjunta em Moscou com seu colega senegalês Mankeur Ndiaye, referindo-se ao recente bombardeio americano contra uma base do exército sírio.

"Não aceitamos as aventuras nucleares e balísticas de Pyongyang em violação das resoluções da ONU, mas isso não quer dizer que seja possível violar o direito internacional usando a força" contra a Coreia do Norte.

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, recomendou nesta segunda=feira que a Coreia do Norte não coloque à prova a determinação do presidente americano Donald Trmp diante dos programas balísticos e nucleares de Pyongyang, e advertiu que "todas as opções estão sobre a mesa".

Lavrov respondeu: "Se esta fórmula deve ser interpretada como uma ameaça para utilizar a força de maneira unilateral (...) então é um caminho perigoso".

AFP

 AFP