Navigation

Rússia pede à Ucrânia que prorrogue cessar-fogo

O presidente russo, Vladimir Putin afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 29. junho 2014 - 16:51
(AFP)

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu neste domingo ao presidente ucraniano, Petro Poroshenko, a prorrogação do cessar-fogo, que expira nesta segunda-feira no leste da Ucrânia, em uma conversa telefônica da qual também participaram a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, François Hollande.

"Foi feito um pedido a P.Poroshenko para que prorrogue o cessar-fogo durante um período mais longo", afirma o Kremlin em um comunicado, divulgado após a conferência telefônica dos quatro dirigentes.

Os governantes também conversaram sobre a "possibilidade de enviar observadores da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) aos postos de controle da fronteira Rússia-Ucrânia", completa o comunicado.

O presidente russo ressaltou ainda a necessidade de dar uma ajuda à população do sudeste da Ucrânia, em consequência do "agravamento da situação humanitária" na região.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.