Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Após vários meses de investigação, a polícia deteve no mês passado um homem de 39 anos suspeito de administrar a rede

(afp_tickers)

A Polícia alemã desmantelou uma vasta rede de pornografia infantil online e deteve oito suspeitos, anunciou nesta quinta-feira a Procuradoria-Geral de Frankfurt.

"A Procuradoria-Geral e a polícia criminal prenderam nas últimas semanas vários suspeitos de integrar uma grande plataforma de pornografia infantil", indicou a Procuradoria, acrescentando que a plataforma, chamada Elysium, foi fechada.

A Elysium, que estava ativa desde o fim de 2016, possuía cerca de 87.000 usuários e era utilizada como serviço mundial de troca de pornografia infantil, além de servir para "organizar encontros com menores vítimas de abusos sexuais", detalhou a Procuradoria.

Entre os vídeos compartilhados nessa rede, havia registros de "abusos sexuais gravíssimos contra crianças e até mesmo bebês", informou a justiça.

Após vários meses de investigação, a polícia deteve no mês passado um homem de 39 anos suspeito de administrar a rede, já que em sua residência foram encontrados servidores da plataforma.

Os sites de pornografia infantil e outras atividades ilegais só podem ser acessados por meio da "darknet", a parte da internet que não aparece nos motores de busca. Não podem ser encontrados facilmente e seu acesso depende de protocolos específicos.

AFP