Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Carros da Renault em Flins-sur-Seine, Yvelines, onde é produzido o modelo elétrico Zoe

(afp_tickers)

A Renault-Nissan pretende vender 12 novos modelos de veículos "100% elétricos" até 2022 como parte de seu novo plano estratégico, anunciou nesta sexta-feira o presidente da empresa, Carlos Ghosn.

No mesmo prazo, o grupo automobilístico franco-japonês tem a intenção de desenvolver 40 modelos dotados de tecnologias de direção autônoma e vira um "operador de serviços de mobilidade sob demanda por meio de veículos robotizados".

Ghosn indicou que a empresa, a qual se uniu recentemente a Mitsubishi, aspira comercializar um total de 14 milhões de veículos em 2022, o que representaria um aumento de quase 40% em seis anos.

O objetivo da empresa é que mais 20% destes veículos vendidos sejam elétricos ou híbridos, destacou Ghosn.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP