Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A produção de petróleo nos EUA, que vem subindo desde o primeiro semestre, subiu 70 mil barris por dia, a 9,502 bilhões por dia

(afp_tickers)

As reservas de petróleo nos Estados Unidos caíram mais que o previsto na semana passada, segundo dados do Departamento de Energia publicados nesta quarta-feira.

Na semana encerrada em 11 de agosto, as reservas comerciais de petróleo recuaram 8,9 milhões de barris, a 466,5 milhões.

Especialistas consultados pela agência Bloomberg estimavam uma queda de apenas 3,4 milhões de barris, segundo uma pesquisa realizada nesta quarta-feira, na abertura do mercado em Nova York.

É a sétima semana seguida em que as reservas caem, o que é interpretado como um sinal de que os esforços da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) por limitar a oferta de petróleo estão dando frutos.

Os estoques de gasolina ficaram estagnados, mas os especialistas projetaram uma baixa de 900 mil barris.

Já os inventários de destilados ganharam 700 mil barris, enquanto os analistas esperavam uma estabilização ante a semana anterior.

A produção, que vem subindo desde o primeiro semestre, subiu 70 mil barris por dia, a 9,502 bilhões por dia.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP