Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A mesquita destruída fica na Cidade Antiga de Mossul

(afp_tickers)

A retomada em Mossul da mesquita onde o líder do grupo Estado Islâmico (EI) Abu Bakr al-Baghdadi fez sua única aparição pública marca o "fim do Estado" jihadista, afirmou nesta quinta-feira o primeiro-ministro iraquiano.

"Nós estamos assistindo ao fim do falso Estado do Daesh", declarou Haider al-Abadi em inglês em sua conta no Twitter, utilizando um acrônimo em árabe do EI.

Poucas horas antes, as forças iraquianas haviam anunciado a retomada da mesquita Al-Nuri.

AFP