Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O chanceler francês, Laurent Fabius, é visto em 25 de julho de 2014, no Quai d'Orsay

(afp_tickers)

Paris vai sediar no sábado uma reunião internacional por um cessar-fogo em Gaza, da qual participarão os chefes da diplomacia de Estados Unidos, União Europeia, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Catar e Turquia, informou nesta sexta-feira uma fonte diplomática francesa.

O encontro de Paris está previsto para as 09h00 (04h00 de Brasília) no Quai d'Orsay, sede da Chancelaria francesa.

"Nosso objetivo, com base nas iniciativas em curso e com a iniciativa egípcia em primeiro plano, é fazer com que os esforços internacionais convirjam para chegarmos o mais rápido possível às condições de um cessar-fogo em Gaza", acrescentou.

Apesar de dias de intensas negociações, o secretário de Estado americano, John Kerry, anunciou no Cairo que nenhum acordo havia sido atingido entre o Hamas e Israel, que, mesmo assim, anunciou um cessar-fogo de 12 horas a partir das 07h00 de sábado (01h00 de Brasília).

Kerry e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediram uma trégua de sete dias.

Em declarações à imprensa no Cairo ao lado do chefe da ONU, Kerry explicou que as divergências persistem entre ambas as partes basicamente em torno da "terminologia" sobre um cessar-fogo, embora tenha dito que existe "um marco geral" para uma trégua.

Ele indicou que vai a Paris para se reunir, principalmente, com seus homólogos turco, Ahmet Davutoglu, e catariano, Khaled al-Attiya, de governos aliados do Hamas, com o objetivo de chegar a um acordo de cessar-fogo.

No Cairo, o ministro egípcio das Relações Exteriores, Sameh Shukri, afirmou que "nenhuma das duas partes mostrou a vontade necessária para negociar". Ele também pediu uma trégua humanitária de sete dias no conflito.

AFP