Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) A professora e versada em matemática Maryam Mirzakhani

(afp_tickers)

Os participantes da 58ª Olimpíada Internacional de Matemática, no Rio de Janeiro, fizeram um minuto de silêncio nesta segunda-feira em homenagem à iraniana Maryam Mirzakhani, que morreu no último sábado, aos 40 anos, nos Estados Unidos, de câncer no pulmão.

Mirzakhani se tornou em 2014 a primeira mulher a ganhar a medalha Fields, outorgada pelo Congresso Internacional de Matemáticos e considerada o Nobel da disciplina.

Vestidos de azul para a abertura oficial do torneio, que pela primeira vez é celebrado no Brasil, os estudantes de 111 países prestaram uma emocionante e silenciosa homenagem a Mirzakhani, duas vezes medalha de ouro na competição.

AFP