Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policiais militares patrulham uma rua no Morro da Mangueira em 17 de julho de 2017

(afp_tickers)

O governo brasileiro anunciou nesta quinta-feira o envio de mil agentes para reforçar a segurança no Rio de Janeiro, diante do aumento da violência na cidade.

O ministro de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, informou em entrevista coletiva que foram enviados ao Rio 620 homens da Força Nacional e 380 da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A PRF deverá se concentrar no aumento dos roubos de carga. A situação chegou a um ponto tão crítico que a federação nacional de empresas de transporte ameaçou nesta quarta-feira em deixar de prestar serviços na cidade.

O reforço do controle nas rodovias também pretende reduzir a circulação de armas que alimenta o tráfico de drogas.

Na manhã desta quinta-feira, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, participou de uma reunião em Brasília com o presidente Michel Temer para tentar encontrar soluções para a crise do estado.

"Estamos trabalhando no plano de segurança pública e concentrados na redução de criminalidade no Rio. É um plano de longo prazo para reduzir a criminalidade no Rio", disse Etchegoyen.

AFP