Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente iraniano Hassan Rohani discursa no Parlamento em Teerã

(afp_tickers)

O discurso do presidente americano, Donald Trump, no qual apresenta uma estratégia agressiva com relação ao Irã, mostra que "está mais sozinho do que nunca contra o povo iraniano", disse nesta sexta-feira o presidente da República Islâmica, Hassan Rohani.

"Os Estados Unidos estão mais sozinhos do que nunca contra o acordo nuclear e mais do que nunca em seus complôs contra o povo iraniano", disse em pronunciamento transmitido pela televisão, que se seguiu ao discurso de Trump.

"As declarações [de Trump] são um conjunto de insultos e acusações sem fundamento", acrescentou o presidente iraniano.

O presidente americano "não leu o direito internacional", acrescentou. "Pode um presidente sozinho anular um acordo multilateral e internacional? Aparentemente não sabe que este acordo não é um acordo bilateral entre o Irã e os Estados Unidos".

"O acordo nuclear não é modificável, não se pode acrescentar a ele nenhum artigo, nenhuma nota", afirmou Rohani.

"Enquanto responder aos nossos interesses, permaneceremos no acordo nuclear e cooperaremos com a AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica)", acrescentou.

"Mas se um dia nossos interesses não forem satisfeitos, não duvidaremos nenhum único segundo e reagiremos", advertiu.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP