Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Quase 400 objetos vikings foram roubados de um museu na Noruega, informou o diretor do centro, descrevendo a perda como "incomensurável"

(afp_tickers)

Quase 400 objetos vikings foram roubados de um museu na Noruega durante o fim de semana de 11 a 13 de agosto, informou neste domingo o diretor do centro, descrevendo a perda como "incomensurável".

"Se não recuperarem os objetos roubados, isto será - sem dúvidas - a situação mais terrível ocorrida nos 200 anos de história dos museus noruegueses", disse à AFP Henrik von Achen, diretor do Museu Universitário de Bergen.

As peças, em sua maioria joias e outros pequenos objetos de metal, "não têm valor monetário" e o valor do metal em si "também é pequeno", explicou. "No entanto, representa uma perda incomensurável devido ao seu valor cultural e histórico", afirmou.

Os ladrões entraram no sétimo andar do museu usando um andaime colocado na fachada do edifício. Os objetos vikings estavam guardados ali à espera de serem levados, em 14 de agosto, a um local com maior segurança.

"As medidas [de segurança] eram insuficientes", reconheceu o diretor.

Enquanto as autoridades norueguesas investigam o roubo em colaboração com seus sócios internacionais, o museu divulgou fotografias de todos os objetos nas redes sociais para "que sejam bem conhecidos e, portanto, mais difíceis de serem vendidos e mais fáceis de localizar", explicou von Achen.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP