AFP

Eles transportava 26 serpentes, 33 baratas, 11 lagartos e 16 rãs, 10 delas venenosas, em recipientes de plástico colocados em sua mochila

(afp_tickers)

As autoridades holandesas detiveram um indivíduo de nacionalidade russa no aeroporto de Amsterdã após encontrarem dezenas de serpentes, rãs, baratas e lagartos vivos na sua bagagem, indicou nesta quarta-feira uma fonte oficial.

O homem, que fez uma escala na terça-feira no aeroporto de Amsterdam-Schiphol na sua viagem entre o Brasil e a Rússia, é "suspeito de contrabando", informou o organismo holandês encarregado da segurança alimentar e sanitária (NVWA) em um comunicado.

Eles transportava 26 serpentes, 33 baratas, 11 lagartos e 16 rãs, 10 delas venenosas, em recipientes de plástico colocados em sua mochila.

"A maioria destes animais são muito venenosos", e o veneno de alguns é mortal, acrescentou a NVWA.

"Não se trata de espécies protegidas, mas essa forma de transportá-las não é autorizada por motivos de bem-estar animal", apontou.

As autoridades acusaram o indivíduo de tortura animal e o colocaram em prisão preventiva para realizar "uma investigação exaustiva".

Os animais foram levados a um refúgio especializado.

AFP

 AFP