Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A companhia aérea low cost irlandesa Ryanair anunciou nesta sexta-feira (14) o cancelamento de 40 a 50 voos diários durante seis semanas, até o fim de outubro

(afp_tickers)

A companhia aérea low cost irlandesa Ryanair anunciou nesta sexta-feira (14) o cancelamento de 40 a 50 voos diários durante seis semanas, até o fim de outubro, para "melhorar a pontualidade".

A empresa disse que sua taxa de pontualidade tinha "caído para menos de 80% nas primeiras semanas de setembro" por causa de greves, condições meteorológicas desfavoráveis e pela obrigação de respeitar as férias de pilotos e tripulações.

"Cancelando menos de 2% dos nossos voos nas próximas semanas, podemos (...) restaurar a pontualidade para nossa meta anual de 90%", explicou o diretor de comunicação da Ryanair, Robin Kiely, em um comunicado.

"Pedimos desculpas ao pequeno número de clientes afetados por esses cancelamentos e faremos tudo o que for possível para encontrar outro voo, ou reembolsá-los integralmente", completou.

Segundo o site do aeroporto de Dublin, os voos procedentes de Tours (França) e Newcastle (Grã-Bretanha) foram cancelados nesta sexta e, no sábado, mais cancelamentos são esperados.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP