Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O Banco Central da Síria colocou em circulação neste domingo a nova nota de 2.000 libras sírias (3,3 euros, no câmbio oficial), na qual, pela primeira vez, aparece a imagem do presidente Bashar al-Assad

(afp_tickers)

O Banco Central da Síria colocou em circulação neste domingo a nova nota de 2.000 libras sírias (3,3 euros, no câmbio oficial), na qual, pela primeira vez, aparece a imagem do presidente Bashar al-Assad.

A nota de 2.000 libras é a de maior valor emitida desde o início do conflito no país, em 2011, que provocou a desvalorização de 90% da moeda nacional.

Até agora, apenas o ex-presidente Hafez al-Assad, pai de Bashar, aparecia em uma nota, a de mil libras.

A guerra na Síria deixou mais de 320.000 mortos e milhões de deslocados desde o início, em março de 2011, após manifestações contra o governo que foram reprimidas pelo regime de Bashar al-Assad.

AFP