AFP

Visitante testa o novo smartphone da Samsung, Galaxy S8, em Seul, em 7 de abril de 2017

(afp_tickers)

A sul-coreana Samsung anunciou nesta segunda-feira uma atualização de seu novo smartphone Galaxy S8, depois que os consumidores reclamaram que as telas tinham uma cor avermelhada.

O lançamento do modelo representa una etapa crucial para a empresa, que tenta melhorar sua imagem após o fiasco do Galaxy Note Note 7, que viu a produção interrompida no ano passado por um problema na bateria, que tinha risco de explosão.

O Galaxy S8 foi apresentado em março em Nova York. Vários clientes sul-coreanos que encomendaram o smartphone com antecedência apresentaram queixas por conta da tela com uma cor avermelhada.

As imagens das telas foram muito compartilhadas nas redes sociais, mas a Samsung negou uma falha e afirmou que os clientes poderiam ajustar as cores do aparelho manualmente de acordo com seu gosto.

Mas diante das crescentes dúvidas dos consumidores, a empresa anunciou nesta segunda-feira que uma atualização do sistema deve resolver o problema, oferecendo ao usuário uma gama de cores mais ampla.

"A Samsung decidiu lançar uma atualização de seu sistema a partir desta semana, que será oferecida aos consumidores a possibilidade aperfeiçoada de ajustar as cores a seu gosto", afirmou o grupo em um comunicado.

A Samsung Electronics é a principal marca do grupo Samsung, que contribui com 20% do PIB da Coreia do Sul

O fracasso do Note 7, um modelo que ficava entre o smartphone e o tablet, provocou perdas bilionárias à empresa.

AFP

 AFP