Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Amin Nasser, CEO da Aramco

(afp_tickers)

A petroleira Saudi Aramco assinou, nesta quinta-feira (9) acordos avaliados em 4,5 bilhões de dólares com empreiteiras multinacionais de petróleo e gás, num esforço da empresa para diversificar suas finanças.

Os acordos foram assinados com empresas como a espanhola Tecnicas Reunidas, a italiana Saipem, a chinesa Petroleum Pipeline e a Construção Nacional de Petróleo de Abu Dhabi.

Os investimentos "refletem nosso esforço combinado de diversificar nossa economia, promover negócios locais, apoiar um ambiente sustentável e fortalecer nosso clima de negócios e investimentos", disse o CEO da Aramco, Amin Nasser, em nota.

No ano passado, a Arábia Saudita anunciou planos de vender 5% da Aramco, a joia da coroa do reino, uma iniciativa que espera-se que seja a maior oferta pública inicial do mundo.

O plano é a base do programa de reforma adotado pelo príncipe da coroa Mohammed bin Salman para diversificar a dependência econômica do petróleo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP