AFP

Trump participa de uma conferência na Arábia Saudita

(afp_tickers)

O ator americano Arnold Schwarzenegger criticou neste domingo, no Festival de Cannes, os planos de Donald Trump de reativar a indústria do carvão, e disse que o presidente está devolvendo o país à Idade da Pedra.

"Estamos de volta à Idade de Pedra", disse à AFP.

O ex-governador da Califórnia acusou a política energética de Trump, que dá amplo espaço aos combustíveis fósseis e pode ter consequências para todo o planeta.

O presidente "quer voltar ao carvão: isto é recuar. Depois vai querer voltar aos cavalos e carruagens", declarou à imprensa.

"Até agora não fez nada desde que se tornou presidente. Nada", disse.

Mas, "temos que seguir adiante". "Não podemos esperar Washington. As pessoas têm que levantar e dizer que devemos proteger o que temos para não sofrer a mudança climática e ter sete milhões de pessoas morrendo a cada ano por causa da poluição", advertiu.

No Festival de Cannes, Schwarzenegger promove o documentário do filho do explorador Jacques Cousteau, "Wonders of the Sea 3D" ("Maravilhas do Mar 3D"), do qual é narrador.

Ele disse que a mensagem positiva do filme será mais eficaz que a política de divulgar um sentimento de "culpa", algo que acredita fazer com que as pessoas recusem o discurso ecológico.

AFP

 AFP