Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O secretário americano da Saúde, Tom Price, em Washington DC, em 28 de setembro de 2017

(afp_tickers)

O secretário americano de Saúde, Tom Price, anunciou nesta quinta-feira que devolverá o dinheiro gasto em voos charter pagos com verbas públicas.

Desde que assumiu o departamento de Saúde, Price - um ex-legislador conhecido por suas críticas aos gastos públicos - realizou ao menos 26 voos charter, com um custo superior a 400 mil dólares.

De acordo com o departamento de Saúde, todas as viagens de Price foram oficiais, mas incluíram deslocamentos para locais onde o secretário tem amigos ou propriedades.

Entre estes voos se destaca o aluguel de um avião para uma viagem de ida e volta entre Washington e Filadelfia (uma viagem de pouco mais de meia hora) por 25 mil dólares, apesar da elevada oferta de voos entre as duas cidades.

Em nota oficial, Price admitiu que não foi "suficientemente sensível" e que devolverá o dinheiro. "Hoje mesmo assinarei o cheque para o departamento do Tesouro dos Estados Unidos pelos gastos com minhas viagens de voos charter. Os contribuintes não pagarão um centavo por isto".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP