Navigation

Senado autoriza novas eleições gerais na Bolívia

Senadores observam um minuto de silêncio no começo da sessão, em La Paz afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 23. novembro 2019 - 18:39
(AFP)

O Senado boliviano autorizou neste sábado a realização de novas eleições gerais na Bolívia, sem a participação do ex-presidente Evo Morales, após um mês de uma violenta crise política, que deixou 32 mortos.

"Aprova-se por unanimidade o Projeto de Lei Regime Excepcional e Transitório para a realização de eleições gerais", anunciou o Senado no Twitter.

A iniciativa passará nesta tarde à Câmara dos Deputados para a sua aprovação, antes de ser promulgada como lei pela presidente internina, Jeanine Áñez.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.