Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O senador republicano Bob Corker, em Washington, DC, no dia 31 de maio de 2015

(afp_tickers)

O republicano Bob Corker, presidente do Comitê de Relações Exteriores do Senado dos Estados Unidos, se reuniu nesta quarta-feira, em Caracas, com as autoridades venezuelanas, informou o defensor do povo Tarek William Saab.

"Há poucos momentos atendemos neste instituto de direitos humanos, que é a Defensoria do Povo da Venezuela, o cidadão presidente do Comitê de Relações Internacionais do Senado dos Estados Unidos, Bob Corker", disse Saab em entrevista coletiva.

Na reunião esteve presente o encarregado de negócios da Venezuela nos Estados Unidos, Maximilian Arveláez, que foi indicado pelo governo de Nicolás Maduro para ocupar o cargo de embaixador assim que as relações bilaterais forem normalizadas.

Saab disse que tais encontros são "passos importantes que aparar as arestas e estabelecer relações de respeito", e estimou que o retorno dos embaixadores se dará "mais cedo ou mais tarde".

Durante a reunião, foi analisada de "maneira geral" a situação dos opositores presos em razão dos protestos contra o governo que deixaram 43 mortos entre fevereiro e maio de 2014.

As relações entre Washington e Caracas, que retiraram seus embaixadores em 2010, se agravaram em março passado, quando o presidente Barack Obama firmou um decreto qualificando a situação na Venezuela de "ameaça" aos Estados Unidos.

AFP