AFP

O presidente sul-coreano Moon Jae-In, em Seul, em 14 de maio de 2017

(afp_tickers)

O novo presidente sul-coreano, Moon Jae-In, viajará em junho aos Estados Unidos para uma cúpula com seu colega americano, Donald Trump, em um contexto de tensões pelas ambições nucleares da Coreia do Norte, anunciou seu porta-voz nesta terça-feira em Seul.

A data exata e a agenda serão anunciadas posteriormente, disse Yoon Young-Chan.

Moon, ex-advogado de direitos humanos de esquerda, é favorável a um diálogo com a Coreia do Norte com o objetivo de diminuir as tensões. O governo de Trump declarou que a opção militar está sobre a mesa.

"Vamos preparar esta cúpula como uma ocasião para reforçar os laços pessoais de amizade entre os dois dirigentes", declarou o porta-voz.

A Coreia do Norte afirmou na segunda-feira que lançou com êxito na véspera um míssil de um alcance inédito. Desde o início de 2016, Pyongyang realizou dois testes nucleares e multiplicou os testes de mísseis.

A Casa Branca declarou após o disparo de domingo que Pyongyang é uma "ameaça flagrante há muito tempo" e pediu o endurecimento das sanções contra o regime norte-coreano.

Moon disse estar disposto a viajar à Coreia do Norte se as condições se reunirem.

AFP

 AFP