Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Logo do aplicativo Snapchat em um tablet em Paris, no dia 2 de janeiro de 2014

(afp_tickers)

O aplicativo Snapchat, cujas mensagens desaparecem poucos segundos após serem vistas pelo destinatário, propõe aos seus usuários dos Estados Unidos que paguem para poder ver de novo cada mensagem.

O serviço americano de mensagens, muito apreciado pelos adolescentes, já havia introduzido há dois anos uma função de retransmissão gratuita, mas somente podia ser usada uma vez por dia e por mensagem.

Mas desde esta terça-feira os "replays" custarão US$0,99 a cada três retransmissões.

"São um pouco caras, mas tempo é dinheiro!", disse a empresa em um comunicado.

Esta ferramenta corresponde aos recentes esforços do Snapchat para ganhar dinheiro com seu serviço. Já no ano passado havia aprovado a integração de anúncios publicitários.

O Snapchat se tornou um meio muito popular para compartilhar fotos e vídeos e sua qualidade de efêmero é uma garantia que evita que os usuários tenham mais arrependimentos.

De acordo com a empresa, cerca de 100 milhões de pessoas utilizam o Snapchat diariamente.

Lançada em 2011, a empresa é uma das startups não cotadas que mais está na mira dos Estados Unidos: uma valorização de maio deste ano a situou em 15 bilhões de dólares.

AFP