Navigation

Sobe para 75 número de mortos por ebola na RDC

Funcionários de saúde carregam corpo de paciente com vírus ebola não confirmado, em Mangina, na República Democrática do Congo, em 22 de agosto de 2018 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. agosto 2018 - 21:09
(AFP)

O balanço da epidemia de febre hemorrágica ebola no leste da República Democrática do Congo (RDC) subiu a 75 mortos, informou nesta segunda-feira (27) o ministério da Saúde.

"No total, 111 casos de febre hemorrágica foram notificados na região", aponta o último boletim do ministério sobre a situação da epidemia.

Há uma semana, o balanço era de 55 mortos.

O ministério da Saúde contabiliza 47 mortes entre os 83 casos confirmados por análise em laboratório, além de 28 mortes provavelmente devido ao vírus ebola, a maioria registrada antes da epidemia ser declarada em 1º de agosto.

"Desde 8 de agosto de 2018, 4.130 pessoas foram vacinadas", continua o ministério, que também relata o monitoramento de 2.445 "contatos" (pessoas que poderiam ter tido contato com o vírus).

Há também 18 recuperações, 18 pacientes hospitalizados e 10 casos suspeitos que estão sendo investigados, segundo a direção para o combate à doença.

Nenhum novo caso foi registrado em 26 de agosto, diz o boletim.

Em 1º de agosto, detectou-se um novo surto de ebola nas províncias de Kivu do Norte e Ituri, no leste do país. Este é o décimo surto desta epidemia que afeta a RDC desde 1976.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.