Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Equipes de resgate italianas encontraram 18 corpos de imigrantes em um barco ao largo de Lampedusa e outro morreu ao ser transferido para a ilha, informou a imprensa local neste sábado.

(afp_tickers)

Equipes de resgate italianas encontraram 18 corpos de imigrantes em um barco ao largo de Lampedusa e outro morreu ao ser transferido para a ilha, informou a imprensa local neste sábado.

Outros dois homens que estavam em estado crítico neste barco à deriva, em que mais de 600 pessoas viajavam, foram transportadas para um hospital em Palermo, Sicília.

As equipes de resgate acreditam que as vítimas tenham morrido por asfixia. Um barco que passava a cerca de 80 km de Lampedusa, uma ilha italiana entre a Tunísia e a Sicília, alertou a guarda costeira.

No início de julho, 45 corpos foram encontrados mortos por asfixia em uma outra embarcação, trancada a chave pelos traficantes de seres humanos.

Centenas de novos imigrantes chegaram na sexta-feira em águas territoriais italianas, informou a Marinha italiana, que já havia resgatado pelo menos 1.400 pessoas na véspera.

Dezenas de milhares de imigrantes chegaram à Itália desde janeiro e estima-se que este ano vai superar o recorde de 63.000 de 2011, durante a Primavera Árabe.

AFP