Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Foto tirada durante press tour providenciado pelas Forças Armadas russas em 15 de setembro de 2017 mostra soldado russo em Deir Ezzor

(afp_tickers)

Um soldado russo fugiu depois de matar três militares durante manobras noturnas no extremo oriente do país, indicou nesta sexta-feira o ministério da Defesa.

"Durante um exercício de tiro em um polígono na região de Amur, um soldado abriu fogo com sua arma automática (...) ferindo mortalmente um oficial e dois soldados", explica o comunicado do ministério.

Dois outros soldados ficaram feridos e foram hospitalizados, de acordo com a mesma fonte.

"O agressor fugiu com sua arma", acrescenta o texto.

As autoridades abriram uma investigação e o fugitivo está sendo procurado, diz o comunicado.

O recruta, de acordo com uma fonte local citada pela agência Interfax, é da República do Daguestão e tem 23 anos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP