Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Mulher come comida chinesa em Shangai, no dia 4 de setembro de 2017

(afp_tickers)

A empresa digital chinesa de entrega de comida Meituan-Dianping arrecadou 4 bilhões de dólares nesta quinta-feira (19) de investidores locais e estrangeiros, em meio a um apetite cada vez maior para botar dinheiro nas "start-ups" tecnológicas do país.

A empresa, resultado de uma fusão de duas plataformas complementares em 2015, disse que arrecadou dinheiro em uma avaliação patrimonial de 30 bilhões de dólares, tornando-se uma das maiores start-ups do mundo na avaliação de investidores privados.

A companhia de entrega de comida e avaliação diz ter 180 milhões de consumidores ao ano em sua plataforma e 5 milhões de vendedores.

"A Meituan-Dianping está liderando uma transformação enorme da indústria de serviços tradicional da China, criando um poderoso novo ecossistema de e-commerce que cobre cenários de diversos estilo dos consumidores", disse o CEO Wang Xing em nota.

As empresas de delivery de comida chinesas investiram muito para atrair consumidores com descontos e outros brindes.

Contudo, os custos elevados e a competição acirrada no setor reduziram os lucros.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP