Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Funcionários trabalham na produção de uma fábrica em Huainan, China

(afp_tickers)

A China registrou uma desaceleração das exportações em agosto e um aumento das importações, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira.

As exportações subiram 5,5% em ritmo anual, após um crescimento de 7,2% no mês anterior. As importações avançaram 13,3%, o que fez a balança comercial registrar um superávit de 42 bilhões de dólares em agosto.

Os números mostram um panorama díspar da economia chinesa, que registrou no mesmo mês uma aceleração das atividades têxteis, mas com uma inflação estável no mês de julho, o que provocou temores de uma desaceleração maior por um ajuste na demanda interna.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP