Navigation

Suprema Corte de Nova York rejeita limitar tamanho de refrigerantes

Refrigerantes são vistos em supermercado em Rosemead, Califórnia, em 18 de junho de 2014 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 26. junho 2014 - 19:00
(AFP)

A mais alta corte do estado de Nova York rejeitou nesta quinta-feira a nova tentativa das autoridades da cidade de limitar o tamanho dos copos de refrigerantes e outras bebidas doces, apontadas como contribuintes para a obesidade.

Esta decisão confirma outra anterior de uma corte de apelações que remonta a julho de 2013.

A cidade de Nova York solicitou, no começo de junho, a intervenção da corte de apelações deste estado para tentar limitar o tamanho dos copos destas bebidas.

A medida, anunciada pelo então prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, em maio de 2012, e ratificada em setembro do mesmo ano pelo departamento de Saúde da cidade, buscava proibir que se vendessem copos individuais de refrigerantes com mais de 470 ml em restaurantes, cinemas, restaurantes de comida rápida, postos ambulantes e estádios, o que teria sido um marco em uma grande cidade americana.

Mas a prefeitura enfrentou a resistência dos donos de restaurantes, cinemas e fábricas de bebidas, para os quais a cidade teria agido acima de seus poderes e não poderia impor tal medida.

Horas antes de sua implementação, em março de 2013, um juiz bloqueou a medida, considerando-a "voluntariosa e arbitrária". Em julho daquele ano, uma corte de apelações local proferiu uma sentença semelhante.

O novo prefeito de Nova York, Bill de Blasio, tinha prometido seguir adiante com uma apelação na mais alta corte estadual. Mas nesta quinta-feira, finalmente o tribunal entendeu que o departamento da Saúde do estado tinha agido acima de seus poderes e não poderia impor esta medida.

Em Nova York, 58% dos moradores são obesos ou sofrem de sobrepeso, segundo números oficiais.

Após a sentença de março de 2013, Bloomberg lembrou que há 30 anos a norma para um refresco era de 200 ml. Em seguida, passou a 35 ml e para 47 ml.

Atualmente, é comum ver americanos com um copo gigante com capacidade para um litro de refrigerante.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.