Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Velas são depositadas nos arredores do consulado dos Estados Unidos em Guadalajara

(afp_tickers)

O suspeito de ter atirado em um funcionário do consulado dos Estados Unidos na cidade mexicana de Guadalajara é americano e será expulso, para que responda pelo crime, anunciaram neste domingo a chancelaria e o Ministério Público do México.

O suspeito "é um indivíduo de nacionalidade americana, e será expulso e repatriado para os Estados Unidos, onde será determinada a sua situação jurídica", assinala um comunicado conjunto, que descreve a agressão como "um ataque mal-intencionado e covarde".

AFP