O Talibã anunciou nesta quarta-feira (13) uma rodada de conversas com representantes dos Estados Unidos que será realizada na segunda-feira em Islamabad, em uma reunião que surgiu do "convite do governo do Paquistão".

A reunião será um novo capítulo nas negociações em curso para tentar um acordo de paz para o Afeganistão.

"Um encontro entre as equipes de negociação (do Talibã) e dos Estados Unidos está programado para 18 de fevereiro em Islamabad", disse o porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, em um comunicado.

Na nota, ele acrescentou que os representantes do Talibã também "realizarão uma reunião com o primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan, para discutir em profundidade as relações entre o Paquistão e o Afeganistão".

"Soubemos do anúncio público dos talibãs, mas não recebemos nenhum convite formal para as negociações", reagiu uma porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos à AFP em Washington, sem descartar, contudo, a realização da reunião.

"Não vamos negociar em público, no começo de um longo processo que pensamos continuar conduzindo por canais diplomáticos confidenciais", disse a porta-voz, assegurando que Washington apoia toda iniciativa de diálogo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.