Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente Michel Temer não participará, na próxima semana, da histórica assinatura de um acordo de paz entre as Farc e o governo colombiano

(afp_tickers)

O presidente Michel Temer não participará, na próxima semana, da histórica assinatura de um acordo de paz entre as Farc e o governo colombiano, informou uma fonte oficial.

"Temer preferiu ficar no Brasil para tratar de questões domésticas", disse nesta quinta-feira à AFP um assessor da Presidência, lembrando que ele se reuniu em Nova York com seu colega colombiano, Juan Manuel Santos, e fez referência ao acordo de paz em seu discurso na Assembleia Geral da ONU esta semana.

Michel Temer, que assumiu o poder após o impeachment de Dilma Rousseff, realizará outras viagens ao exterior a partir de 3 de outubro, à Argentina e Paraguai, acrescentou o funcionário.

Na próxima segunda-feira, a guerrilha das Farc e o governo colombiano firmarão a paz na cidade de Cartagena, acabando com um conflito armado de mais de meio século.

A cerimônia contará com a presença de numerosos líderes mundiais, entre eles o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

O Brasil será representado pelo chanceler José Serra.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP