Navigation

Temer oferece a EUA transporte para crianças brasileiras separadas na fronteira

O vice-presidente americano, Mike Pence, fala com o presidente Michel Temer, em Brasília, em 26 de junho de 2018 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 26. junho 2018 - 21:08
(AFP)

O presidente Michel Temer ofereceu ao vice-presidente americano, Mike Pence, em visita a Brasília, nesta terça-feira (26), colaborar com o transporte para trazer de volta crianças brasileiras que foram separadas na fronteira do país, com o aval de suas famílias.

"Assinalei que nosso Governo está pronto a colaborar no transporte dos menores brasileiros de volta ao Brasil, se for esse o desejo das famílias. As autoridades dos dois países continuarão em contato sobre esse tema", disse Temer em uma declaração conjunta à imprensa após uma reunião em Brasília.

Segundo fontes brasileiras do Palácio do Planalto, a proposta foi bem recebida.

Cerca de 50 crianças brasileiras estão em abrigos nos Estados Unidos separados de seus pais na fronteira.

Ao todo, sob a implementação da política de "tolerância zero" destinada a conter a imigração, mais de 2 mil crianças foram separadas de seus pais e permanecem sob cuidados do Departamento de Saúde e Serviços Humanos em vários abrigos.

"Se trata de questão extremamente sensível para a sociedade e o Governo brasileiros. Pedi sua especial atenção para assegurar a rápida reunião das famílias", afirmou Temer, agradecendo a disposição de Pence, "que me indicou para trabalharmos juntos em busca de uma solução".

O vice-presidente americano apontou que seu governo "está trabalhando para reunir as famílias, inclusive as brasileiras".

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.