Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente Michel Temer, em Brasília, em 23 de outubro de 2017

(afp_tickers)

O presidente Michel Temer viaja a São Paulo nesta sexta-feira (27) para realizar exames médicos, dois dias depois de passar várias horas internado em Brasília por um problema urológico, confirmou sua assessoria de imprensa.

O presidente, de 77 anos, tem previsto realizar uma endoscopia no Hospital Sírio-Libanês, segundo a imprensa local.

A previsão de alta é domingo.

Na quarta-feira, Temer deu entrada no Hospital do Exército, em Brasília, onde "foi submetido a uma sondagem vesical de alívio por vídeo" depois de apresentar um desconforto ao urinar no final da manhã, indicou um comunicado oficial.

A notícia surgiu pouco antes de o Congresso iniciar uma votação para decidir se dava prosseguimento ou não a uma denúncia contra o presidente. Após um dia de muita tensão, Temer deixou o hospital à noite.

Em 11 de outubro, a Presidência informou que um check-up havia detectado uma obstrução arterial coronária leve e que Temer deveria tratá-la com medicamentos e dieta.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP