AFP

Beatriz despejou fortes chuvas no estado de Oaxaca e o golpeou com ventos máximos sustentados de 70 quilômetros por hora

(afp_tickers)

Uma mulher e duas crianças morreram esmagadas pelo desabamento de casas quando a tempestade tropical Beatriz varreu o sul do México, e uma pessoa continua desaparecida, disseram autoridades nesta sexta-feira.

Beatriz despejou fortes chuvas no estado de Oaxaca e o golpeou com ventos máximos sustentados de 70 quilômetros por hora na quinta-feira à noite, danificando casas e estradas.

O oficial de gestão de desastres do estado, Armando Bohorquez, disse que um menino de 10 anos, uma menina de 14 anos e uma mulher de 25 anos morreram quando suas casas desabaram.

Um homem também está desaparecido na mesma cidade onde as crianças morreram, San Marcial Ozolotepec, disse Bohorquez à AFP.

"Sua família relata que ele desapareceu durante a tempestade", acrescentou.

Beatriz é agora uma área de baixa pressão remanescente, de acordo com o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, mas ainda pode desencadear "inundações súbitas potencialmente fatais" em Oaxaca antes de se dissipar, o que deve acontecer durante a noite.

As aulas foram canceladas em 13.000 escolas em todo o estado, disseram autoridades.

AFP

 AFP