Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A Islândia elevou para vermelho neste sábado o nível de alerta e proibiu o tráfego aéreo sobre o maior vulcão do país após detectar uma pequena erupção.

(afp_tickers)

Dois fortes terremotos abalaram neste domingo o principal vulcão da Islândia, o Bardarbunga, depois que as autoridades elevaram o nível de alerta a vermelho por um risco iminente de erupção, anunciou o Serviço Meteorológico Islandês (IMO).

Em 2010, a erupção de outro vulcão, o Eyjafjallajökull, provocou o maior fechamento do espaço aéreo decretado na Europa em tempos de paz, com mais de de 100.000 voos anulados em um mês e mais de oito milhões de passageiros bloqueados.

Neste domingo, um terremoto de 5,1 e outro de 5,3 graus na escala Richter abalaram o vulcão. Estes foram os tremores mais intensos desde o início do atual ciclo sísmico na semana passada.

Gunnar Gudmundsson, do IMO, declarou ao canal de televisão público RUV que é difícil saber se os terremotos indicam um aumento do risco de erupção.

No sábado, a Islândia elevou para vermelho o nível de alerta e proibiu o tráfego aéreo sobre o maior vulcão do país.

Apesar do fechamento do espaço aéreo na região, todos os aeroportos islandeses permaneciam abertos, segundo as autoridades.

O vulcão Bardarbunga, de mais de 2.000 metros de altura, fica abaixo da maior geleira islandesa, a Vatnajökull.

Os cientistas acreditam que se o Bardarbunga entrar em erupção, poderia provocar problemas ao tráfego aéreo no norte da Europa e do Atlântico com a emissão de cinzas. Também poderia provocar importantes danos na Islândia, especialmente inundações pelo derretimento do gelo.

AFP