Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A Tesla vai emitir 1,5 bilhão de dólares em títulos para financiar seu novo Model 3

(afp_tickers)

A fabricante americana de veículos eléctricos Tesla anunciou, nesta segunda-feira, que vai emitir 1,5 bilhão de dólares em títulos para financiar seu novo Model 3, um endividamento que, segundo a agência qualificadora Standard and Poor's, não terá consequências imediatas na nota da companhia.

A Tesla entregou, no fim de julho, os primeiros exemplares do Model 3, um veículo mais popular, que vai permitir que a empresa eleve sua produção a cerca de 500 mil carros até o fim de 2018.

Na apresentação de seus resultados em 2 agosto, a Tesla afirmou dispor de liquidez de 3 bilhões de dólares, mas os mercados já especulavam sobre a possível necessidade de ampliar o capital para financiar os investimentos necessários para a produção do Model 3.

O grupo do bilionário Elon Musk optou, então, por um empréstimo nos mercados. A S&P avaliou que isso não vai afetar a nota da empresa, um "B-".

Apesar de ter destacado o alto nível de endividamento da Tesla, a S&P calculou que essa emissão "vai dar à empresa um colchão adequado" para fazer frente aos próximos desafios financeiros e gastos em capital nos próximos 12 a 18 meses, com o lançamento do Model 3.

AFP