AFP

O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, durante reunião do Conselho de Segurança da ONU, em Nova York, em 28 de abril de 2017

(afp_tickers)

O presidente americano, Donald Trump, não vai apressar a revisão da política sobre as mudanças climáticas dos Estados Unidos, disse nesta quinta-feira no Alasca o secretário de Estado, Rex Tillerson, durante um encontro do Conselho Ártico.

"Não vamos nos apressar para tomar uma decisão. Estamos trabalhando para tomar uma decisão correta para os Estados Unidos", disse Tillerson.

O secretário de Estado falou em um fórum do Conselho Ártico que é realizado nesta quinta-feira em Fairbanks, Alasca, com a representação dos oito países membros deste grupo político.

Vários delegados presentes são dos países mais afetados pelo aquecimento global e esperam um compromisso renovado dos Estados Unidos de reduzir as emissões poluentes.

"Nos Estados Unidos estamos revisando várias políticas importantes, incluindo a forma como a administração Trump melhorará a questão das mudanças climáticas", disse Tillerson.

"Apreciamos que cada um de vocês tenha um ponto de vista importante, e deveriam saber que estamos dedicando tempo a entender suas preocupações", acrescentou.

Antes de deixar Washington, na quarta-feira, Tillerson se reuniu com o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, que Trump também recebeu na Casa Branca - uma vitória para os esforços da Rússia, que resiste ao isolamento diplomático.

O porta-voz do Kremlim, Dmitri Peskov, disse a jornalistas que é muito cedo para falar de um degelo com os Estados Unidos, mas acrescentou que "é muito positivo o diálogo que se está tendo".

AFP

 AFP