Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(2015) Esqueleto completo de Tiranossauro Rex no Museu de História Natural de Berlim

(afp_tickers)

O famoso Tiranossauro Rex era um animal coberto de escamas, e não de plumas, e tinha a pele dura, fazendo jus à imagem construída do predador temível, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira.

Recentemente, uma pesquisa sugeriu que um animal próximo do Tiranossauro Rex era coberto de finas plumas, parecida com a plumagem das galinhas.

Os pesquisadores acreditaram que era possível que o monstro do cretáceo, um dos maiores carnívoros de todos os tempos, também poderia ser recoberto por plumas.

Muitos dinossauros eram cobertos de penas, que serviam mais de isolante térmico do que de ferramenta de voo.

Para se aprofundar no assunto, uma equipe internacional de pesquisadores estudou vários fósseis, especialmente aquele preservado no Museu de Ciência Natural de Houston, e outros ossos de alguns primos da família dos Tyrannosauridae para comparar os dados.

Os grandes répteis da família que tinham penas viveram muito antes que o monstro que ficou famoso no filme "Jurassic Park".

"Nossa descoberta da pele escamosa semelhante ao dos répteis modernos nos corpos de uma grande variedade de espécies de Tyrannosaurus (incluindo Tyrannosaurus rex) (...) sugere uma imagem mais tradicional destes predadores gigantes com uma pele escamosa", escreveram em um resumo.

Estes dados fornecem "provas irrefutáveis" de que o Tiranossauro rex tinha uma pele coberta unicamente de escamas, concluiu a equipe em uma publicação na revista Royal Society's Biology Letters.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP