AFP

Michel sente o tiro de largada dado pela princesa Astrid

(afp_tickers)

O primeiro-ministro belga, Charles Michel, foi obrigado a mudar sua agenda nesta terça-feira, depois que o tiro de largada de um evento esportivo no domingo, em Bruxelas, causou-lhe danos auditivos, indicou seu porta-voz.

A princesa Astrid, irmã do rei dos Belgas Philippe, foi encarregada de indicar, com uma pistola de partida, o início de uma corrida de resistência de 20 km na capital belga.

Ao seu lado, o rosto de Michel refletia sua surpresa com a detonação, segundo as imagens.

O chefe do Governo belga sofre uma "surdez parcial" e um "zumbido" após o incidente, disse à AFP seu porta-voz, que explicou que Michel passou por "um exame aprofundado esta manhã".

"A partir do meio-dia, continuará sua agenda política normalmente", depois de uma simples "modificação" de suas atividades, disse o porta-voz, Frédéric Cauderlier.

O primeiro-ministro deveria ter comparecido durante a manhã perante o Parlamento para apresentar um pacto de investimento nacional.

AFP

 AFP