AFP

(Arquivo) A candidata de extrema direita na eleição presidencial francesa, Marine Le Pen

(afp_tickers)

Dois candidatos è presidência da França - a líder de extrema direita Marine Le Pen e o conservador François Fillon - anunciaram nesta quinta-feira a anulação de seus comícios previstos para a sexta-feira, após o ataque que matou um policial na Champs-Elysées em Paris.

A três dias do primeiro turno da eleição presidencial, em meio a severas medidas de segurança em razão da ameaça jihadista, um policial foi morto e outros dois, feridos nesta quinta-feira na Champs-Elysées, por um atirador que acabou abatido.

AFP

 AFP