AFP

Cruise promove seu novo filme em Sydney

(afp_tickers)

O ator americano Tom Cruise confirmou nesta quarta-feira uma sequência do filme "Top Gun", sucesso de bilheteria de 1986 que o transformou em astro mundial.

Há vários anos circulavam os boatos sobre hipótese do filme "Top Gun 2", projeto em que trabalhava o diretor do filme original, o britânico Tony Scott, quando cometeu suicídio em 2012.

Em uma viagem à Austrália para promover "A Múmia", Cruise confirmou a informação em uma entrevista ao Channel Seven.

"Sim, é verdade", afirmou ao ser questionado sobre uma sequência de "Top Gun".

"Provavelmente vou começar a rodar no ano que vem", disse o ator.

"Vai acontecer, definitivamente vai acontecer".

Jerry Bruckhemer, produtor de "Top Gun", alimentou as expectativas ao publicar em janeiro de 2016 uma foto dele e de Tom Cruise no Twitter com a legenda: "De volta de um fim de semana em Nova Orleans para encontrar meu velho amigo @TomCruise e discutir um pouco de Top Gun 2".

Apesar das críticas pouco elogiosas, "Top Gun", que também tinha no elenco Val Kilmer, Kelly McGillis, Meg Ryan e Tim Robbins, foi um sucesso de bilheteria e arrecadou 345 milhões de dólares em todo o mundo, sendo 176 milhões nos Estados Unidos e Canadá.

Tom Cruise interpreta no filme Pete "Maverick" Mitchell, um piloto talentoso da Marinha dos Estados Unidos que se apaixona por sua instrutora (Kelly McGillis) e compete com outro piloto, Tom "Iceman" Kazanski (Val Kilmer), na prestigiosa academia de pilotos Top Gun.

O filme também ficou marcado pela canção "Take My Breath Away".

AFP

 AFP