Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Trinta e cinco pessoas do subcontinente indiano, incluindo um homem morto e crianças, foram encontradas no contêiner de um navio de origem belga atracado no porto de Tilbury (leste da Inglaterra), anunciaram neste sábado as autoridades britânicas.

(afp_tickers)

Trinta e cinco pessoas do subcontinente indiano, incluindo um homem morto e crianças, foram encontradas no contêiner de um navio de origem belga atracado no porto de Tilbury (leste da Inglaterra), anunciaram neste sábado as autoridades britânicas.

Um porta-voz do serviço de ambulância do Leste da Inglaterra indicou que 35 pessoas, provavelmente imigrantes ilegais, foram encontrados. Os 34 sobreviventes sofriam de desidratação e hipotermia.

"Após o atendimento inicial, todos os pacientes foram transportados para hospitais da região. Sete foram levados para o Southend Hospital, nove para o hospital de Whitechapel e 18 para o hospital de Basildon", informou.

Um porta-voz do hospital de Basildon (leste da Inglaterra), disse que o estabelecimento estava cuidando de sete crianças.

"Trinta e uma pessoas, adultos e crianças de ambos os sexos, foram encontradas dentro" de um navio vindo de Zeebrugge, na Bélgica, havia dito inicialmente um porta-voz da polícia de Essex.

"Infelizmente, um homem morreu e outros têm problemas de saúde significativos", acrescentou.

A polícia indicou que funcionários do porto ouviram "gritos" de dentro do contêiner e que uma "investigação por homicídio" tinha sido aberta sobre a morte.

"Tudo o que sabemos é que eles vêm do subcontinente indiano", mas este é apenas o início da investigação, disse Trevor Rowe, chefe de polícia de Essex.

A polícia foi chamada após a descoberta do grupo em um dos contêineres do Norstream, um navio da P&O que foi ancorado às 7h35 deste sábado.

AFP